domingo, 19 de agosto de 2018

DR. LEONARD COLDWELL DESAFIA E AFIRMA: "O CÂNCER PODE SER CURADO EM POUCAS SEMANAS!"

Dr._leonard

Você já ouviu falar do dr. Leonard Coldwell?


Esse médico alemão, PhD, professor,  autor de 19 livros, já tratou mais de 35.000 pacientes com câncer em fase terminal, com elevado índice de sucesso.

A própria mãe foi tratada e curada de câncer por ele.

Seus feitos são reconhecidos no mundo todo, mas seus tratamentos fogem do convencional.

O que isso significa?

Que para o dr. Coldwell, tratar o problema com quimioterapia está muito longe de ser a saída ideal.

A quimioterapia é capaz de destruir as células cancerosas, mas não as difere das saudáveis.

Resultado: o tratamento destrói todo o organismo e, acredite, as chances de o câncer voltar são muito altas.

O dr. Coldwell viu o pai e o avô morrerem de câncer.

Mas também sofreu junto com a mãe, os sete irmãos e as três irmãs, pois todos, exceto ele, tiveram o mesmo mal.

A angústia de perder parentes e amigos próximos para uma doença tão assustadora fez com que o médico dedicasse sua vida ao tratamento de câncer.

Ele fez muitas pesquisas e experiências até descobrir como acabar com qualquer tipo de câncer.

Ele foi capaz de curar a própria mãe do câncer, da hepatite C e da cirrose hepática.

Mais 35.000 pacientes já foram atendidos pelo dr. Coldwell diretamente.

Milhões de pessoas o seguem em palestras, oficinas e redes sociais.

O dr. Coldwell é ousado e afirma: "O câncer pode ser curado em semanas".

Veja, no vídeo abaixo, uma excelente entrevista com este corajoso médico. Depois daremos mais informações sobre o dr. Coldwell e seu tratamento, mas, não deixe de assistir ao vídeo, certo?




O segredo da cura para o câncer, segundo o dr. Leonard Coldwell, está na alimentação.

Aqui estão algumas regras para tratar a doença:

1.    Alimente-se de vegetais, pois eles levam oxigênio ao nosso corpo.

2.    Acrescente cálcio a sua dieta

3.    Consuma alimentos alcalinizantes

4.    Invista em alimentos ricos em vitamina C, como pimentão, brócolis, repolho, morango, mamão, abacaxi, laranja e limão.

5.    Consuma vitamina E natural.

6.    Beba 4 litros de água misturados a meia colher (chá) de sal integral de boa qualidade, diariamente.

Atenção: esta não é uma boa ideia se você sofre dos rins.

Algumas pessoas têm medo de consumir sal, mas o sal integral puro é um ingrediente muito benéfico ao sangue - basta que tenha qualidade.

Não é o caso do sal comum que se vende no supermercado, de péssima qualidade e praticamente desprovido de minerais.

Este é um blog de notícias. Ele não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico.


@digitalradiotv

domingo, 12 de agosto de 2018

Renda Básica de Cidadania

55% dos paulistanos são favoráveis à proposta de Renda Básica de Cidadania


Pesquisa "Assistência Social na Cidade" revela também que combate ao tráfico de drogas e desenvolvimento de políticas públicas intersetoriais devem ser as principais medidas para à região da Cracolândia


A proposta de instituir uma renda básica para toda e qualquer pessoa residente na capital paulista é apoiada por 55% dos paulistanos, enquanto 30% são contra e outros 15% não souberam ou não responderam. Esses são alguns dos resultados da pesquisa "Assistência Social na Cidade", que foram divulgados nesta quarta-feira (18/7) pela Rede Nossa São Paulo e Ibope Inteligência, em parceria com o Sesc São Paulo.

O questionamento sobre o apoio ou não ao benefício foi incluído no levantamento devido ao fato de estar em tramitação na Câmara Municipal de São Paulo um projeto de lei (PL 620/2016), que visa garantir a Renda Básica de Cidadania - RBC para toda e qualquer pessoa residente na capital paulista há pelo menos cinco anos, sem diferenciar raça, sexo, idade, condição civil ou socioeconômica.

Os moradores da Zona Sul, segundo a pesquisa, são os que se mostram mais favoráveis à proposta. Nesta região de São Paulo, a ideia conta com o apoio de 59% dos entrevistados. Por outro lado, a área central da cidade é onde a concessão do benefício obtém menos concordância (46%).

Outro dado do levantamento revela que, para os paulistanos, o combate ao tráfico de drogas é a principal medida a ser adotada na Cracolândia, com 59% de menções, seguida pelo desenvolvimento de políticas públicas de atuação conjunta de diversas áreas, como saúde, segurança, assistência social, educação e trabalho e renda – assinalada por 53% dos pesquisados. A terceira opção, escolhida por 43% das pessoas, é construir no local unidades de saúde especializadas para atender exclusivamente os usuários de drogas.

Estimulados também a assinalar a primeira, a segunda e a terceira medidas que devem ser colocadas em prática para melhorar as condições da população em situação de rua, os paulistanos priorizam: ampliar os Centros de Acolhida, os Centros de Acolhida Especiais e Centros Temporários de Acolhimento (37%); oferecer cursos de capacitação profissional para que possam atuar no mercado de trabalho (34%); e criar medidas que incentivem a contratação dessas pessoas por empresas e comércios (30%).

A pesquisa "Assistência Social na Cidade" mostra ainda que 53% da população considera que a ampliação das penas para quem comete violência contra a mulher é prioridade para enfrentar o problema. A segunda medida escolhida é agilizar o andamento da investigação das denúncias (42%) e, em seguida, ampliar os serviços de proteção de mulheres em situação de violência em todas as regiões da cidade (40%).

Confira aqui a apresentação da pesquisa "Assistência Social na Cidade".

Confira aqui a pesquisa completa.

Foram entrevistados 800 paulistanos de 16 anos ou mais e a margem de erro da pesquisa é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, sobre os resultados encontrados no total da amostra.

Pesquisa integra série "Viver em São Paulo"

Realizado em evento público no Sesc Bom Retiro, o evento de divulgação dos resultados do levantamento incluiu um debate com especialistas e ativistas da área de assistência social, que puderam comentar os dados apresentados.

A pesquisa "Assistência Social na Cidade" integra a série "Viver em São Paulo", que foi iniciada este ano e mensalmente tem divulgado dados sobre a percepção dos paulistanos em relação a temas importantes que afetam a vida na capital paulista. 

A série "Viver em São Paulo" é promovida pela Rede Nossa São Paulo e Ibope Inteligência, em parceria com o Sesc São Paulo.


Por Airton Goes, Rede Nossa São Paulo


segunda-feira, 30 de julho de 2018

Convite para o CURSO GRATUITO DE REFLEXOLOGIA em Ermelino Matarazzo com Mário Kato... Para duas novas turmas:

✋🤚🏻🖐🏾👋🖐🏾✋🤚🏻👋🖐🏾🤲🏽✋


Dia 7 de Agosto.

Às Terças feiras.

Sempre às 19:30 horas.

Vai começar o CURSO GRATUITO DE REFLEXOLOGIA para uma nova turma.

Para iniciantes é sempre às terças feiras.

Fazer inscrição com Vanessa ou Micheli.

Vai começar dia 7 de Agosto.

Terça feira, às 19:3O horas.

Tel: 9.4490.3655.

O curso será no salão da comunidade São Francisco.

Rua Miguel Rachid, 997, Ermelino Matarazzo.



🤚🏻✋🤚🏻✋🤚🏻✋🤚🏻✋🤚🏻✋🖐🏾

Dia 10 de Agosto.

Às  Sextas feiras.

Às 14:00 horas.

Para pessoas que já fizeram a primeira etapa da Reflexologia.

O curso GRATUITO será no salão da comunidade São Francisco.

Rua Miguel Rachid, 997, ERMELINO MATARAZZO.

Será sempre às Sextas feiras.

Este CURSO é a segunda etapa de REFLEXOLOGIA com MÁRIO KATO.

Somente para quem já fez a primeira etapa.

Fazer inscrição com Vanessa ou Micheli. Tel: 9.4490.3655.

Mais informações sobre o CURSO GRATUITO com Mário Kato: 9.3002.6600.

Quem for fazer o curso GRATUITO deve pedir as apostilas para:
mariokato@uol.com.br

Pesquise na REDE o que é Reflexologia ????

É importante saber que a REFLEXOLOGIA é uma terapia oficial do SUS, do
Ministério da Saúde.

✋🖐🏾🤚🏻👋🤚🏻🖐🏾✋🖐🏾👋✋🖐🏾

quinta-feira, 5 de julho de 2018

Quais medidas a Prefeitura deve adotar para Cracolândia e população em situação de rua?



Respostas dos paulistanos para estas e outras questões estão na pesquisa "Assistência Social na Cidade", que será apresentada em 18/7, no Sesc Bom Retiro. Participe!


Quais medidas ou ações a Prefeitura de São Paulo deve adotar para enfrentar a situação na Cracolândia e para melhorar as condições da população em situação de rua (moradores de rua)? Estas e outras questões integram a pesquisa "Assistência Social na Cidade", que será apresentada em evento público no Sesc Bom Retiro, no dia 18/7.

Promovida pela Rede Nossa São Paulo e Ibope Inteligência, em parceria com o Sesc São Paulo, a atividade inclui um debate com especialistas e ativistas da área de assistência social, que poderão avaliar e comentar os resultados do levantamento.

Os resultados da pesquisa também revelarão a opinião dos paulistanos sobre as ações ou medidas que devem ser prioridade para combater a violência doméstica e familiar contra as mulheres. Mostrará ainda se a maioria é a favor ou contra a proposta de garantir uma renda básica para toda e qualquer pessoa residente na cidade de São Paulo.

Levantamento integra série "Viver em São Paulo"

A pesquisa "Assistência Social na Cidade" integra a série "Viver em São Paulo", que foi iniciada este ano e mensalmente tem divulgado dados sobre a percepção dos paulistanos em relação a temas importantes que afetam a vida na capital paulista.

Os levantamentos da série e os eventos mensais, que incluem divulgação dos resultados, debates e intervenções culturais sobre cada tema pesquisado, são promovidos pela Rede Nossa São Paulo e Ibope Inteligência, em parceria com o Sesc São Paulo.

Serviço: 
Apresentação da pesquisa "Assistência Social na Cidade" e debate sobre o tema
Data: dia 18 de julho de 2018
Horário: das 10h00 às 12h30
Local: Sesc Bom Retiro
Endereço: Alameda Nothmann, 185 - São Paulo

O evento é aberto à participação de todas as organizações e pessoas interessadas.
Clique aqui para confirmar presença!


Por Airton Goes, da Rede Nossa São Paulo


terça-feira, 3 de julho de 2018

Convite.

⛪🔔💦🌻🐟🥥🍪🥟🍷🎪🇧🇷

Queridos Amigos e Amigas. Paz e bem

É com alegria que convido você e sua Família para a Celebração dos meus 40 anos de sacerdócio na comunidade São Francisco. Ermelino Matarazzo.

Será dia 8 de Julho de 2018 Domingo.

Às 9.30 horas da manhã.

Será uma Celebração campal na Avenida Paranaguá Centro de Ermelino Matarazzo. No palco da Festa das Nações do Lar Vicentinho. Duas quadras da estação de Trem de Ermelino Matarazzo. Mais informações com Diácono Maurinho: O11 - 2546.4254.

Após a Celebração terenos a Festa das Nações São Barracas de cerca de 15 países com suas  comidas típicas.

Desde já agradeço.
Mil bençãos.

Padre Ticão

⛪🔔💦🌻🐟🥥🍪🥟🍷🎪🇧🇷

Câmara realiza nesta semana Seminário Internacional sobre Educação e Saúde na Terceira Idade.


Os debates vão ocorrer nesta quarta e quinta-feira e abordarão, além da saúde e educação, assistência social, serviços, mercado de trabalho, entre outros temas.


Os temas do primeiro Seminário Internacional sobre Educação e Saúde na Terceira Idade são variados: além de saúde e educação, assistência social, serviços, mercado de trabalho, entre outros. Uma mesa redonda, por exemplo, vai debater a educação permanente e as universidades da Terceira Idade espalhadas pelo país. Para a deputada Leandre, do PV do Paraná, a educação ao longo de toda a vida deve ser estimulada, porque as vantagens para os idosos já são comprovadas:

"O quanto de benefício traz pras pessoas a manutenção delas dentro de um ambiente escolar, acadêmico, né, retardando processos inclusive de doenças como o Alzheimer, demências, é um processo extremamente importante, é uma iniciativa muito importante."

No balanço sobre os 15 anos do Estatuto do Idoso, os debatedores vão contabilizar os avanços e o que ainda está por ser feito. Além disso, é preciso adequar a lei à mudança do perfil demográfico do país – já são 30 milhões de pessoas com mais de 60 anos. A irmã Terezinha Tortelli, da Pastoral do Idoso, aponta falhas na implantação de vários artigos e diz que a nova configuração populacional torna urgente a busca de alternativas de serviços para as pessoas idosas, principalmente aquelas que têm a saúde mais comprometida. Mesmo assim, ela celebra a legislação que beneficia os maiores de 60 anos:

"O Estatuto é uma garantia de que existem direitos já consagrados e as pessoas idosas podem acessá-los. Então, o que vemos é que, gradativamente, as pessoas vão tomando conhecimento dessa lei que os protege."

O seminário é promovido pela Comissão de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa e acontece nesta quarta e quinta-feira, no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados.

Reportagem - Cláudio Ferreira


#digitalradiotv
@digitalradiotv

sexta-feira, 29 de junho de 2018

Convite para o Encontro de Saúde Preventiva dia 29 de Junho Sexta feira. Às 8.30 horas e 19.30 horas. Escolher um horário.

💧💧💧💧💧💧💧💧💧💧💧


1........ O Dr. Paulo Sato vai falar como vivem as pessoas com mais de
100 anos. Quem quiser receber a apostila deste tema gratuitamente do
Paulo Sato pode pedir para: padreticao@gmail.com


2....... O Paulo Sato vai falar também dia 29 de Junho sobre as
qualidades saudáveis dos CHÁS. Você gosta de Chá? Venha neste encontro.
Dia 29 de junho. Sexta feira. Às 8.30 e 19.3O horas. Escolher um horário.


OUTRAS ATIVIDADES que teremos na Saúde PREVENTIVA Dia 29 de Junho. Sexta
feira.

**".... Dia 29 de junho. Sexta feira. Às 14.00 horas CURSO DE
REFLEXOLOGIA gratuito com Mário Kato. No salão da São Francisco.

**.... Dia 29 de Junho. Sexta feira. Às 14.00 horas. *Reunião sobre
DIABETES na igreja São Francisco.

*.... Dia 29 de Junho. Sexta feira. *Às 16.00 reunião do grupo sobre o
Câncer No salão da comunidade São Francisco.

*..... Quem gostaria de montar uma LOJA  de PRODUTOS NATURAIS? Venha dia
29 de junho às 10.00 horas. No salão da comunidade São Francisco. Falar
com Vanessa.




A Saúde Preventiva é uma conquista do povo organizado